• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Sebastien Vettel fixa mais um recorde
Publicado em 20.Nov.2013
Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

A época de Fórmula 1 de 2013 vai ficar na história como a mais vitoriosa de sempre, em série, para um piloto: Sebastien Vettel. O jovem da Red Bull, depois de ter conquistado, aos 26 anos, algo que ninguém alcançara com essa idade, o quarto título de campeão mundial consecutivo – feito apenas conseguido por Juan Manuel Fangio (1954 a 1957) e Michael Schumacher (2000 a 2004) – no GP da India, agora, na pista de Austin, nos Estados Unidos, palco do GP das Américas, registou a sua oitava vitória consecutiva na mesma temporada, estabelecendo um novo recorde.

“Estou muito contente por ter acrescentado o meu nome à lista de recordes. É incrível e isto faz-nos sentir orgulhosos desse momento. Creio, no entanto, que é muito difícil para todos nós dar conta do que isso significa…”, disse Vettel, na hora de comemorar o seu triunfo número 12 este ano, uma marca fantástica e que ilustra o domínio exercido desde o início do campeonato.

Recorde-se que desde a estreia do “novo” monolugar da Red Bull, em Spa-Francorchamps, no verão, no GP da Bélgica, não mais o piloto alemão e a Red Bull conheceram o sabor da derrota até restar uma jornada (GP do Brasil/24 novembro) para o encerramento do Mundial. Aliás, a equipa das bebidas energéticas não pára de surpreender e na corrida norte-americana cometeu a proeza, imagine-se, de mudar os quatro pneus do monolugar de Mark Webber em apenas 1,923 segundos (!). É esse, a partir de agora, o novo recorde na Fórmula 1 para a mudança de pneus.

Noutra latitude, o consultor da equipa, Helmut Marko – responsável pelo Red Bull Junior Team, do qual faz parte António Félix da Costa – não esteve com meias palavras para uma das equipas rivais, em declarações ao jornal “Bild am Sonntag”:

“Ouço sempre dizer que a Mercedes refere ter a melhor dupla de pilotos na Fórmula 1, mas Sebastien Vettel sozinho é melhor que Nico Riosberg e Lewis Hamilton juntos. É um facto!….”

Agora, há que aguardar pelo GP do Brasil, já este próximo fim de semana (24 de novembro), para cair o pano sobre o Mundial’2013 e espera por uma nova era na Fórmula 1… 

Classificação após a 18ª das 19 provas do Mundial de Fórmula 1 

Pilotos

1º, Sebastien Vettel (Red Bull), 372 pontos

2º, Fernando Alonso (Ferrari), 227

3º, Lewis Hamilton (Mercedes), 187

4º, Kimi Raikkonen (Lotus), 183

5º, Mark Webber (Red Bull), 181

6º, Nico Rosberg (Mercedes), 161

7º, Romain Grosjean (Lotus), 132

8º, Felipe Massa (Ferrari), 106

9º, Jenson Button (McLaren), 61

10º, Paul di Resta (Force India), 48

Construtores

1º, Red Bull, 553

2º, Mercedes, 348

3º, Ferrari, 333

4º, Lotus, 315

5º, McLaren, 102

 

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios