• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Robert Kubica no Rali de Portugal com a Citroen
Publicado em 07.Mar.2013
Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

O polaco Robert Kubica, que no início de 2011 sofreu um acidente grave num rali em Itália, hipotecando a sua carreira na Fórmula 1, vai disputar este ano sete ralis com a Citroen, entre os quais o Rali de Portugal (11/14 Abril), ao volante de um DS3 RRC.

Kubica, que o ano transato disputara dois ralis com um Citroen C4 WRC da equipa oficial, chegou a avaliar diversas hipóteses para esta temporada, inclusive a participação no DTM (Campeonato Alemão de Turismos), mas a escolha recaiu nos ralis e num acordo com a Citroen.

A estreia ocorrerá no Rali das Canárias, prova do Europeu, seguindo-se depois um programa de sete ralis do Campeonato do Mundo, o primeiro dos quais em Portugal. O número de provas mundialistas poderá vir a ser alargado.

“Avaliei diversas possibilidades antes de me decidir por este programa. Tinha já contactos com a Citroen Racing e havia uma vontade comum de prolongar esta aventura. Estou muito orgulhoso de poder voltar a uma competição de alto nível”, refere Robert Kubica no comunicado da Citroen.

Ex-piloto de Fórmula 1 da BMW-Sauber e da Renault, o polaco sofreu ferimentos graves, tanto no braço como na mão direita, no acidente com um Skoda Fabia S200 no Rali Ronda de Andora, quando, na sequência do despiste, o rail que delimitava a estrada entrou pela parte dianteira do habitáculo. Daí que a FIA (Federação Internacional do Automóvel) tivesse autorizado já a Citroen, para este regresso a tempo inteiro de Kubica às competições, a colocar a alavanca do comando da caixa de velocidades à esquerda do volante.

A versão RRC do Citroen DS3 WRC distingue-se por um pacote aerodinâmico mais limitado e um restritor mais pequeno no turbo.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios