• Facebook
  • Google Plus
  • Apple
  • Android
  • Mobile
  • RSS
Neuville será a jóia da Hyundai
Publicado em 06.Nov.2013
Seja o primeiro
a comentar
este artigo.

O mercado de pilotos no Campeonato do Mundo de Ralis ficou definido esta semana, já que a chave de todas as movimentações – excetuando a campeã Volkswagen que para 2014 manterá Sebastien Ogier, Jari Matti-Latvala e Andreas Mikkelsen –, o jovem Thierry Neuville, decidiu assinar contrato com a regressada Hyundai. O piloto belga, sem dúvida a grande revelação da temporada, a sua segunda no Mundial, agora com a Ford depois de na primeira ter guiado para a Citroen, deixou bem vincado o seu valor, não cessando de evoluir ao longo do ano, de tal modo que tanto a equipa M-Sport (Ford) como a própria Citroen gostariam de voltar a tê-lo ao seu serviço, mas ele preferiu um projeto novo. A Hyundai, que volta aos ralis com uma equipa própria e em condições bem distintas das verificadas quando passou pelo Mundial na década de 90, conseguiu convencer Neuville de que veio para ficar vários anos – o comunicado da marca sul coreana fala em compromisso válido por vários anos, sem especificar a duração do mesmo – e com ambições para triunfar.

Para já, Thierry Neuville será uma espécie de jóia da Hyundai para 2014, com o estatuto de primeiro piloto e a garantia de guiar o i20 WRC nas 13 provas do campeonato, com estreia agendada para janeiro, em Monte Carlo.

A partir de agora, as atenções centram-se na Citroen, que contará com Mikko Hirvonen –

uma perfeita deceção esta época –, Dani Sordo e, provavelmente, o polaco Robert Kubica, que na sua estreia a sério na modalidade somou, apesar do desconhecimento das provas, resultados excecionais e conquistou o título de WRC2. Resta saber até que ponto a marca francesa, definitivamente privada de Sebastien Loeb nos ralis, agora ao serviço da marca no Mundial de Turismos (WTCC), vai contar com ele para um programa completo.

Da parte da equipa semi-oficial da Ford, liderada por Malcolm Wilson,a M-Sport, agora privada de uma estrela chamada Thierry Neuville, ainda não há uma definição clara, sendo possível que tanto o norueguês Mads Ostberg como o russo Evgeny Novikov continuem a conduzir os Fiesta RS.

Envie o seu comentário

Todos os comentários que colocar mostram o seu nome. Ao enviar um comentário está a aceitar os nossos Termos e Condições.

*Campos obrigatórios